Guarita Web Rádio Logo

BALEIAS-FRANCAS COM FILHOTES SÃO AVISTADAS NO LITORAL GAÚCHO

Guarita Web Rádio07/28/202074

Dois filhotes de baleia-franca foram avistados na última quarta-feira (15), em Rainha do Mar, litoral norte gaúcho. O publicitário e fotógrafo Marcelo Langon encontrou não uma, mas duas fêmeas já com seus filhotes – e gentilmente enviou as fotos para que compartilhássemos com os leitores de A FOLHA Torres.

Embora a temporada de avistagem de baleia-franca aconteça de julho a novembro, não é comum encontrá-las em águas gaúchas no ínicio da temporada e muito menos já com filhotes recém-nascidos. Langon conta que eles eram muito pequenos, aparentando poucos dias de vida – e que podem ter nascido em águas gaúchas.

Acostumado a fotografar baleias-francas pela América do Sul, o fotógrafo gaúcho conta que é sempre gratificante encontrar baleias por aqui, “elas foram as primeiras que consegui fotografar as calosidades em uma praia gaúcha e assim dar nome para cada uma delas” – comenta Langon, que carinhosamente nomeou as baleias fotografadas como Trilegal, Gaúcha, Bah e Tchê (reforçando o fato delas estarem em águas gaúchas e dos filhotes, possivelmente, terem nascido por aqui).

Sobre as Baleias-Francas





A baleia-franca-austral distingue-se das outras pelas calosidades que possui na cabeça, pela ausência de barbatana dorsal e pelo arco que descreve a sua boca, que começa acima do olho. Pode atingir os 18 metros de comprimento e as 80 toneladas de peso.O seu corpo é cinzento escuro ou preto, apresentado, esporadicamente, manchas brancas na barriga. sta espécie possue padrões de calosidades na cabeça que são únicos para cada baleia, podem ser comparados a nossa impressão digital e assim diferenciar cada indivíduo. As calosidades são brancas não pela pigmentação da pele mas pelas colónias de piolhos-de-baleia que as povoam

As baleias Francas chegam ao nosso litoral geralmente no mês de julho, passando pelo litoral gaúcho e catarinense até novembro para a temporada de acasalamento e reprodução, nos presenteando com um belíssimo show da natureza. Entre os meses de dezembro e abril estas baleias permanecem em águas próximas à Antártica e no começo do inverno iniciam a migração para lugares mais quentes e rasos, onde darão à luz aos filhotes longe dos predadores presentes nas águas profundas.

FONTE:A FOLHA